11 de fev de 2010

Mãe.


Mesmo de longe, ainda sinto sua presença,
minh'alma suplica seus conselhos, meu coração pede para que você VOLTE,
para assim me descarregar e me ajudar a entender essa vida,
que tão injusta é com todos nós. Entendo que precisou tomar tal atitude,
para que relmente fosse feliz, mas me pergunto - será mesmo que é feliz?,
sabendo que me falta algu e que essa coisa é VOCÊ,
e mesmo com nossos desentendimentos, você é meu porto seguro.
Quando perto de você, sinto-me uma criança, a inocência retorna em corpo de forma esplendorosa.
Tento aceita as circunstâncias, mas essa falta me mata!
Porque não seguimos à risca o velho ditado?
- "Filho foi feito pra crescer e voar".
Mas antes disso você foi embora, nem me dera tempo
pra crescere e amadurecer.
Hoje sinto o peso da responsabilidade que tenho.
Não sei se posso dizer que te perdoo, essa angústica que habita
em meus seios, hoje de mulher precoce, que me fezera ser,
arde muito mas..
Com os olhos afogados em lágrimas, lhe digo que tudo que falta em minha vida é sua presença, porque seu amor sei que tenho...

Nenhum comentário:

Postar um comentário