23 de out de 2010

Apenas sua lembrança.


Eramos dois, só eu e você...
E tudo que eu desajava era permanecer alí, nos seus braços.
Mas uma tempestade passou e te levou pra longe, bem longe, de mim...
No momento que o último adeus você deu, vi se desintegrar sua imagem
no meio daquela chuva, que quando caia sobre meu corpo queimava,
como se fosse gotas de fogo num mar de mágoas.
O que restou foram panos rasgados, que deveriam ser tecidos,
dentro daquela caixa em que nós custumavamos guardar nossos sonhos...

Hoje reformei praticamente minha vida toda...
Saí da casa em que morava. Rasguei o colção da minha cama.
Troquei de perfume. Mudei hábitos. Restitui sorrisos.
Tudo isso para que ninguém conhecesse o que só você conheceu.
Os próximos conheceram outra mulher, porque aquela só você teve/tem!

21 de out de 2010

Simples e objetiva, assim sou eu.


Adoro arriscar-me, tenho pouca paciência e a que tenho
guardo para as pequenas lutas que tenho que enfrentar quando desejo algo.
Sou espontânea. Não gosto de nada mais ou menos.
Quer ver-me satisfeita?
Esclareça as coisas, não deixe nada mal-entendido.

Tenho vontade de tornar-me novamente menina,
mas os meus princípios encontram falhas nesse momento.
Não tente enganar-me, sou hiperativa,
mas percebo TUDO e se engano-me
logo vejo a verdade.
Não sou ingênua, inteligente e nem a mocinha do filme.

Sou gente... com imperfeições. Amorosa, só com o que merece.
Sou amarga por fora e doce por dentro, contudo, poucas são as pessoas
que experimentam do meu verdadeiro mel!
Poucas são as coisas
que me alegram e não acredite em todos os meus sorrisos,
para receber um de verdade
tem que fazer por merecer
e olha que os critérios são bem rigorosos..

Não suporto falsidade, só sou educada e não gosto de humilhação.
Tenho poucos amigos, mas os que tenho já são suficiente... e por esses faço tudo.
Não pense que porque te comprimento todos os dias é sinal de que
pode confiar em mim, se eu tiver que fazer alguma coisa e uma dessas coisas
for passar por cima de você, não vou pensar duas vezes!
(Primeiro eu, segundo eu, terceiro eu, depois você)
Entretanto não é difícil conquistar-me, basta ser você mesmo e conseguir
passar-me isso, do contrario, não perca tempo.
Bom... essa sou, ama-me quem quer!

19 de out de 2010

Ele é o lugar ideial para você!


Ora sentimos ele fraco, sem perspectivas, corroído e aos pedaços...
Mas acredite... O coração é o lugar mais substancioso que existe em mim
disposto a guardar você e afastar-te de todos os hormônios maléficos
que inspiram meu corpo.

17 de out de 2010

Ela é de carne e osso.

Por um bom tempo ela permeceu bem, bem o bastante para não precisar do necessário.
Mas o tempo tem passado, ela está sem pressa, porém aguniada.
Os dias rolam, a noite com a chuva vem, sua cama desconfortável não acomoda mais ninguém.
A cama é grande para a pequena mulher que se sente.
A noite é longa para a insônia eloquente.
Contudo sempre adormece nos braços da madrugada com a constante solidão que já nem gritava.

Medo, sentem medo dela. Mas ela não quer nada; nada que alguém não posssa dar.
O brilho que custumava ter nos olhos apagou-se, sem motivos para brilhar.
Os sonhos ela reformou: discretos, incertos, cobertos...

Nada de exigência!. Ela só quer ver o pôr-do-sol num domingo nublado,
e despejar o sentimento penoso e essencial que á tempos está acumulado.

7 de out de 2010

A meu ver.


Surpreendente conseguir ver além do sorriso...
Em você encontrei um paraíso, notável, inigualável.
Há calma nos meus passos, há cumplicidade nos nossos laços.
Sem pressa, me pego notando seus nós, verificando os contras e os prós.
E caso o abstrato venha me desconcentrar, vou boicotar as entrelinhas
da vida para trilhar vosso horizonte, que de longe já me vislumbra
doce e confortante!

3 de out de 2010

"Amor incolor."

Quantas vezes já pensei em contar-te pessoalmente..
Mas não consigo segurar a vontade de abraçar-te, quando presente.
Então venho por meio desta carta inviável dizer-te as coisas mais "tolas" que há dias venho sentindo...

Cada conversa, carinho e infinitas noites que passamos juntos,
farão desse sentimento o mais simples e suportável, que um dia já senti.
E só peço-te que guarde todos esses momentos,
pra quê um dia você possa dizer o quanto uma pessoa te adorou/adora!
E eu não me esqueço do momento em que te vi,
entretanto tive a certeza que você nunca poderia ser só meu..
Na verdade isso não me doí, basta-me ver-te e dizer-te boa noite.
Queria muito que você pudesse ficar, deitar, talvez me amar.
Mas todos nós temos um passado e um presente-futuro..
E eu não posso ser tão egoísta a ponto de querer nos prender aqui.
Existe um mundo enorme lá fora, precisamos conhecer os pseudos-amores e,
preciso mais que tudo ter a certeza de que meu coração é realmente seu!

Talvez você não saiba de nada disso que escrevi e talvez nunca saberá.
Mas no momento não preciso que saiba de nada disso, só preciso que sinta...
Sinta verdadeiramente a emoção que sinto quando estamos perto.
E que tenha certeza de que quero-te ao meu lado, livre e feliz...
Para que meu coração possa eternizar cada momento desse, assim como as estrelas,
que por dias podem não aparecer, mas sempre estarão lá!


(Espero-te, mesmo que nunca venha!)