25 de ago de 2011

Passáro de fogo.


"Vai se entregar pra mim como a primeira vez.
Vai delirar de amor, sentir o meu calor. Vai me pertencer (...)
Vou ganhar esse jogo, te amando feito um louco.
Quero teu amor bandido. Minha alma viajante,
coração independente por você corre perigo.
To afim dos teus segredos, de tirar o teu sossego, ser bem mais que um amigo.
Não diga que não. Não negue a você, um novo amor, uma nova paixão.
Tão longe do chão serei os teus pés. Nas asas do sonho, rumo ao teu coração.
Permita sentir. Se entrega pra mim. Cavalgue em meu corpo, oh minha eterna paixão..."

(Paula Fernandes)

Nenhum comentário:

Postar um comentário