22 de ago de 2011

Podemos amar mais?


Sabe, andei pensando e acabei chegando a uma conclusão:
Temos que aprender a viver sozinhos, mas não precisamos praticar
isso pra sempre. O ser humano nasceu não sei pra quê, mas a maioria deles
foram confeccionados para o amor.
Tipo eu assim, durona, com a aparência de um coração gelado, coisa que a olho nú parece-se mesmo é com uma pedra. Pois é, se meu coração não tivesse tanto
medo, ele diria o quanto acha importante uma pessoa ao lado.
Sabe, aquela coisa de acordar tendo a consciência que existe alguém, que possa te amar tanto quanto a ama. E que possa sorrir junto com você, andar de mãos dadas sem se importar com o que as pessoas vão pensar. Ter prazer em ver a pessoa feliz, se sentir feliz, fazer outros felizes, ter esperanças. Na verdade, é bom viver um pouco nos sonhos, porque a realidade, mesmo que mais direta, é dura demais. E no final tudo acaba muito rígido, sem amor, sem brilho, sem companhia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário