23 de jun de 2010

I redid.

Quem sofre de isônia sempre revisa sua vida.
E hoje é o meu dia.
Relembro alguns momentos e refaço algumas ideias.
E pra falar a verdade não me arrependo de nada que fiz.
Só me arrependo do que não fiz, isso pela tal consciência que temos
e pelo medo. Que tolice!
A gente não faz, e depois se arrepende. E pensa:
- Aquilo poderia ter sido bom!
Sim poderia, mas passaou e você desperdiçou a sua chance.
Onde nós chegaremos com essa ideia? A lugar nunhum.
Isso acontece todos os dias, em todas as areas de sua vida, seja
num relacionamento, numa prova, numa entrevista.
Coisas distintas, mas que levam a uma só reação, "satisfação"..

E aí, vai deixar de investir naquela pessoa que você gosta só porque
ela faz algumas renúncias ou porque é um pouco diferente de você?
Isso é besteira! Nunca ninguém será igual a você e, dificilmente você encontrará
a pessoa dos seus sonhos. E essa pessoa pode ser a certa pra você!
E a prova, um mero papel que guarda grandes realizações.
E você não a faz. Pelo medo de não passar e ficar com uma nota abaixo da média
e seus amigos encarnarem em você, por isso? Por favor, né.
Você pode estar desperdiçando uma chance de adquirir novos conhecimentos.
E vai deixar de ir a uma entrevista de emprego por medo?
Medo de quê? De ter alguém lá que seja melhor que você?
Não, isso não pode acontecer. Você pode se fazer melhor que qualquer um.
Basta querer!

Isso tudo já aconteceu comigo, e hoje vejo que nenhum desses medos
me favoreceu em NADA!

Não sinta medo, esqueça-o se for possível. Faça como eu estou fazendo.
Meta as caras, e viva o que deve ser vivido.
Ame, brinque, bêba, transe, beije, saia, dance e se permita ser feliz.
Porquê derrepende a vida acaba e nada foi vivido,
você passou pela terra e só!

E pensando na minha vida, me tornei adepta do "FODA-SE".
E foda-se, se eu quiser eu vou fazer, independente das consequências.
Isso caberá só a mim mesmo.
E afinal, isso tudo um dia vai acabar!

Nenhum comentário:

Postar um comentário