26 de jun de 2010

Um dia, quem sabe!

Talvez um dia, venha o sol brilhar,
para que na terra a vida, possa continuar.
Nos rios e fontes, a água volta a brotar.
Meu coração encontre quem o queria amar!

(Dora Coimbra)
______x_____


Todos vão e, só eu fico!
Vejo casais na rua, na praça, no bar, no mar.
E me vejo só, na rua, na cama, numa noite de luar.
Vejos seus amigos a te confortar, e eu aqui, já não consigo suportar.
Tantas histórias, risadas, amores, baladas.
São tantas as histórias a escutar, e nenhuma para contar.

Tem sempre alguém que cruza meu caminho, mas está sempre a conturbar.
Nada de certazas, de conquistas, de beleza, é só avareza!

Estou cansada de frieza, eu quero amor, e com beleza!

(Flávia Fernanda)

Nenhum comentário:

Postar um comentário