14 de nov de 2010

"Coração bandido"

Hoje num domingo chuvoso, com um friozinho gostoso, sinto sua falta,
não paro de pensar em como eu pude ser tão idiota à ponto de desperdiçar nosso amor.
Deixar você partir, hoje,
é o meu maior arrependimento, só hoje.
Porque ontem, eu me sentia tão bem,
que nem me lembrei de você.
E quando citavam seu nome
fingia nem conhecer.
É.. meu coração só pede você quando estou sozinha e, quando está frio.
Por tudo isso, por todos os contras, que eu não me rendo a solidão desses dias,
solidão que só se manifesta em dias cinzas e passageiros.


E não venha me dizer que isso é amor, porque amor é estar em meio
a tanta gente e querer somente uma.
Então.. caso você esteja se sentindo assim, por hoje, não faça nada,
dê tempo ao tempo.
Esse dia vai acabar e você vai esquecer, novamente.
Mas se você sente falta dela em todos os momentos,
o que você está fazendo parado(a) aí?
Corra atrás, lute e, mesmo que não a tenha de volta
você vai poder dizer que lutou por ela.
Agora, se existe um sentimento igual ao meu, fique no mesmo lugar.
Não engane-a, ninguém merece um amor inventado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário