12 de nov de 2010

"I still love you."


São exatamente 01:41 da manhã e eu tomei coragem pra ligar pra você.
Você atendeu com voz de sono e preocupado, mas feliz.
Senti que seu coração bateu forte mais um vez.
Te contei do sonho que tive com você noite passada e disse que te amava mais que tudo.

E você só ria e dizia que não tinha palavras pra me dizer naquele momento.
Tudo que eu queria nessa ligação era você dissesse que me amava .
Falei como criança quando senti que você não podia me dizer e logo em seguida
você me perguntou se eu havia feito "biquinho" e, realmente eu fiz.
Você lembra de cada detalhe, assim como eu, que passamos juntos.
1 minuto e 11 segundos que foram suficientes para que eu pudesse sentir o seu amor.

Quanto tempo nós perdemos, né?!
Podiamos ter lapidado todo esse amor, como um cristal raro e precioso.
Podiamos ter parado na petála da rosa no "bem-me-quer".
Podiamos ter dado mais valor ao amor que sentiamos.
Podiamos ter confiado um no outro, isso era suficiente para estarmos juntos até hoje.
Mas a história que deveria ter um "felizes para sempre" foi revertida.
Tudo por amar de mais e praticar a felicidade de menos.


Eu sei que vou te amar. Por toda a minha vida eu vou te amar... ♪

Nenhum comentário:

Postar um comentário