13 de jul de 2010

Desajeitado.

Foi você quem me tirou do eixo.
Que pôs no pranto, que me mostrou o encanto.
E pra você vou estar sempre por perto, sempre discreto.
Porque neste quarto deserto, há sempre um lugar pra nós dois.

Um comentário: